A Missão 360 é um projeto pedagógico de sensibilização ambiental promovido pela CELPA, até agora dirigido às crianças do 1º e 2º ciclo do ensino básico. Este ano a Missão 360 foi alargada ao Ensino Pré-Escolar e irá realizar uma ação piloto com o 3º ciclo (7º ano), aos seus professores, famílias e à comunidade escolar.

 

O projeto gira à volta da história de um herói, o esquilo extraterrestre Quico, que viaja até à Terra para ajudar as crianças a travar as mentiras que o terrível Dr. Tulha conta aos adultos para destruir o nosso planeta.

 

A sua Missão é recrutar crianças para impedir o Dr. Tulha, ajudando-as a conservar os recursos naturais e assegurando um futuro sustentável para a Terra. Para isso vai ensinar as crianças a perceber o que é a economia circular e o lugar da indústria papeleira nesse sistema.

Inscrições Missão 360

Os conteúdos pedagógicos disponibilizados são de livre utilização por qualquer escola que queira explorá-los.
No entanto, a participação ativa nas atividades da Missão 360 está aberta apenas às turmas dos seguintes concelhos aderentes ao projeto durante o ano letivo 2020/2021: Aveiro; Cascais; Caldas da Rainha; Cadaval; Constância; Figueira da Foz; Lisboa; Lourinhã; Peniche; Porto; Portimão; Setúbal; Silves; Torres Novas, Viana do Castelo e Vila Velha de Ródão.
Se pertence a um dos concelhos aderentes e gostaria de participar no projeto, faça a sua inscrição aqui:

Como funciona?

Durante o mês de novembro e dezembro de 2020, as escolas poderão ter a oportunidade de inscrever as suas turmas no projeto. Depois de inscritas, os primeiros 500 professores irão receber um kit de professor e jogos didáticos sobre a floresta portuguesa para os alunos.Posteriormente, ao longo do ano, será enviada informação à escola sobre como desenvolver o projeto.

Promotores e parceiros

A Missão 360 é promovida pela CELPA – Associação da Indústria Papeleira, no âmbito da sua política de Responsabilidade Social, e conta com o apoio de parceiros institucionais sem os quais a sua implementação não seria possível.

Notícias circulares

PT EN